top of page

Metodologia OGSM: Otimize seu negócio integrando seu plano estratégico através desta ferramenta



A metodologia OGSM tem suas raízes nos métodos de planejamento e estratégia empresarial que se desenvolveram ao longo de várias décadas. É difícil atribuir a criação da metodologia a uma única pessoa ou organização. No entanto, o conceito foi popularizado e é frequentemente associado à consultoria de gestão, especialmente à McKinsey & Company, que tem utilizado abordagens semelhantes em suas práticas de consultoria.


O OGSM é muitas vezes comparado ou até mesmo integrado a outros frameworks de planejamento estratégico e gestão de desempenho, como o Balanced Scorecard, que foi desenvolvido por Robert Kaplan e David Norton. Enquanto essas metodologias têm suas próprias particularidades, todas têm o objetivo comum de ajudar as organizações a definir, comunicar e executar sua estratégia de forma mais eficaz.


O conceito OGSM também tem sido adaptado e aplicado em várias indústrias e contextos, de grandes corporações a pequenas startups e organizações sem fins lucrativos. Isso sugere que, embora possa haver uma entidade ou conjunto de indivíduos que popularizou o termo e o conceito, a utilidade prática da abordagem fez com que ela fosse adotada amplamente.


É uma ferramenta de gestão estratégica que ajuda as organizações a criar e executar suas estratégias de forma mais eficaz.


OGSM é uma sigla que representa:


1. Objectives (Objetivos):

Refere-se às metas claras e específicas que uma organização deseja alcançar em um determinado período de tempo. Os objetivos são as metas estratégicas de alto nível que definem a direção da empresa.


2. Goals (Metas):

São os resultados mensuráveis que contribuem para o alcance dos objetivos. As metas são mais detalhadas do que os objetivos e costumam ser quantitativas e específicas.


3. Strategies (Estratégias):

São os planos de alto nível que descrevem como a organização pretende alcançar suas metas. As estratégias são as abordagens gerais para resolver desafios e aproveitar oportunidades.


4. Measures (Medidas):

São as métricas e indicadores que ajudam a monitorar o progresso em direção às metas e objetivos. As medidas são essenciais para avaliar o desempenho e fazer ajustes quando necessário.


A abordagem OGSM envolve a criação de um quadro visual que apresenta esses quatro elementos de forma clara e concisa. Cada elemento é interligado, criando uma estrutura lógica que ajuda a organização a alinhar sua estratégia e ação.


Como implementar a metodologia OGSM


1. Definir objetivos claros:

Comece identificando os objetivos de alto nível da organização. Eles devem ser específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com um prazo definido (conhecidos como SMART).


2. Estabelecer metas específicas:

Com base nos objetivos, defina metas específicas que contribuam para o alcance desses objetivos. As metas devem ser quantitativas e claras.


3. Desenvolver estratégias:

Identifique as estratégias que ajudarão a atingir as metas estabelecidas. Considere como a organização pode aproveitar suas forças, mitigar suas fraquezas, aproveitar oportunidades e enfrentar ameaças.


4. Medir o progresso:

Crie métricas e indicadores para cada meta e estratégia. Isso permitirá que a organização acompanhe o progresso e faça ajustes conforme necessário.


5. Comunicar e envolver:

Garanta que toda a equipe compreenda a estratégia e seu papel na implementação. A comunicação eficaz e o envolvimento dos colaboradores são essenciais.



Desafios da implementação do OGSM


1. Alinhamento organizacional:

Garantir que todos na organização compreendam e estejam alinhados com a estratégia pode ser desafiador.


2. Definição de metas realistas:

Estabelecer metas que sejam desafiadoras, mas alcançáveis, requer um equilíbrio delicado.


3. Acompanhamento contínuo:

Monitorar o progresso e atualizar as estratégias conforme necessário é um desafio constante.



Casos de sucesso


Muitas organizações implementaram com sucesso a metodologia OGSM, adaptando-a às suas necessidades específicas. Alguns casos notáveis incluem empresas multinacionais, startups e organizações sem fins lucrativos. Para obter exemplos específicos e detalhados de casos de sucesso, é recomendável pesquisar estudos de caso e histórias de empresas que utilizaram o OGSM para alcançar seus objetivos estratégicos. Isso fornecerá insights sobre como essa metodologia pode ser aplicada em diferentes contextos organizacionais.

 

Com profissionais com vasta experiência no setor, a MRP-N Consultoria pode apoiar sua organização na jornada da transformação digital para o S&OP / IBP, entre em contato agora mesmo com nossa equipe e saiba como:


✉ contato@mrpnachbar.com

💻 www.mrpnconsultoria.com

☎ +55 (11) 9 4387-2772 (WhatsApp)



 

Texto elaborado por:

Michel Nachbar, APICS CSCP® | MBA | SAP® IBP Certified

Associate Partner @ MRP-N Consultoria | SAP® Edge Partner

empowered by ChatGPT®


Possui carreira consolidada desenvolvida em empresas multinacionais de renome tais como Procter & Gamble, Coca-Cola, Barry-Callebaut, Chr-Hansen e Martin-Brower, onde atuou em cargos de liderança para gestão de supply chain e implementação de tecnologia em empresas.


Hoje está a frente da MRP-N Consultoria a + 6 anos, empresa boutique em desenvolvimento e aconselhamento na implementação do roadmap (plano estratégico) da gestão de projetos e melhorias das melhores práticas na gestão da cadeia de abastecimento incluindo processos, tecnologia e mudanças organizacionais, atuando com multinacionais, tais como, Coty (Savoy), MARS, Coca-Cola KO, Faber-Castel, Ypê (Química Amparo), Ontex, e empresas nacionais em grande ascensão, dentre elas, Brasilata, Gerdau, Hinode, Intelbras, e TMG.

Posts recentes

Ver tudo

Yorumlar


bottom of page